SAÚDE E VACINAÇÃO

Verifique com seu seguro de saúde sobre a cobertura no Rio. O INS 2019 não oferece nenhum serviço médico ou odontológico. Você pode considerar a compra de um seguro de saúde antes de chegar ao Rio de Janeiro, pois o hospital privado e os honorários médicos podem ser caros.

Um certificado internacional válido de vacinação contra febre amarela, sob os auspícios da Organização Mundial da Saúde, é exigido pelo governo brasileiro para viajantes que residem (ou estiveram em trânsito nos últimos três meses) de Angola, Benin, Bolívia, Burkina Faso , Cameron, Colômbia, Equador, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné-Bissau, Guiana Francesa, Libéria, Nigéria, Peru, República Democrática do Congo, Serra Leoa, Sudão, Venezuela e Zaire. Consulte a secretaria de saúde da sua cidade.

De acordo com a “Organização Mundial da Saúde”, a vacinação contra febre amarela é recomendada para viajantes internacionais em muitas áreas do Brasil, principalmente se forem para áreas de floresta selvagem. A vacinação deve ser tomada pelo menos 10 (dez) dias antes da viagem. A vacinação contra a febre amarela não é obrigatória para entrar no Brasil. Não foram notificados casos de febre amarela na área urbana da cidade do Rio de Janeiro.